Revolução, anticolonialismo e migração são debatidos em filmes africanos

Revolução, anticolonialismo e migração são debatidos em filmes africanos Nos dias 08 e 09 de agosto, o Cineclube Bamako exibiu filmes africanos nos auditórios do Museu da Abolição e da Aliança Francesa, no Recife, respectivamente. Na primeira sala de exibição, o longa-metragem argelino A Batalha de Argel (1965), de Gillo Pontecorvo, foi contemplado pelo público. OContinuar lendo “Revolução, anticolonialismo e migração são debatidos em filmes africanos”

Texto sobre o filme A Batalha de Argel

Parede Invisível por Gabriel Muniz Argélia, anos 1950. Enquanto o mundo europeu ainda se recupera da guerra que travou entre si, novos conflitos surgem. O sentimento nacionalista cresce entre os países colonizados, o que leva a novos confrontos, travados contra o domínio de suas metrópoles. É nesse clima de tensão que encontramos Ali La PointeContinuar lendo “Texto sobre o filme A Batalha de Argel”